Em Destaque, Notícias e Entretenimento , Auxílio Coronavírus para ajudar os trabalhadores sem carteira assinada , Brasil ,

Auxílio Coronavírus para ajudar os trabalhadores sem carteira assinada

Na última quarta-feira (18), o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou que o governo pretende criar uma espécie de "auxílio coronavírus" para ajudar financeiramente os trabalhadores sem carteira assinada.


O benefício será distribuído para os trabalhadores informais, as pessoas sem assistência social e a população que desistiu de procurar emprego.

O pagamento, segundo Guedes, deve começar nas próximas semanas, mas o auxílio ainda precisa ser encaminhado para aprovação do Congresso por meio de Medida Provisória ou Projeto de Lei.

A seguir, listamos tudo o que se sabe até o momento sobre a ajuda financeira que o governo dará para os trabalhadores informais.

Qual será o valor do auxílio coronavírus?

O benefício terá valor equivalente ao do Bolsa Família.

Atualmente, o Bolsa Família paga de R$ 89 a R$ 205 por mês às famílias cadastradas.

O valor médio corresponde a R$ 191.

Gestantes, lactantes (mães que amamentam) e filhos de até 15 anos de idade recebem, cada um, adicional de R$ 41, até o teto de R$ 205.

Quem poderá receber o benefício?

Os vouchers poderão ser retirados por pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, instrumento administrado pelo Ministério da Cidadania que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda.

O beneficiário, porém, não pode receber nenhum outro benefício social, como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Como será feita a retirada do valor?

Segundo Guedes, o benefício poderá ser retirado na Caixa Econômica Federal, nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou por meio de aplicativo, por quem queira evitar contato físico.

O funcionário da agência verificará se a pessoa está no cadastro único. Caso não receba nenhum benefício social, aposentadoria ou seguro-desemprego, o trabalhador informal poderá retirar o dinheiro.

Por quanto tempo o benefício será distribuído?

O ministro da Economia, Paulo Guedes, explicou que o auxílio coronavírus deve ser distribuído durante três meses.

Como se cadastrar para receber o benefício?

O vale poderá ser retirado por pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Em tempos de normalidade, o município promove visitas domiciliares às famílias de baixa renda periodicamente para efetuar o cadastramento.

As famílias que se enquadram nas rendas delimitadas pelo governo e ainda não estão inscritas no Cadastro Único, podem procurar um CRAS – Centro de Referência em Assistência Social no município e solicitar o cadastramento.

Ainda não foi anunciado se uma maneira mais prática de abrir o cadastro será desenvolvida para este benefício.

Quando deve começar o pagamento?

A intenção de Guedes é que o benefício comece a ser pago "o quanto antes".

A medida que garante a distribuição dos valores ainda não foi criada, portanto, os detalhes sobre quem receberá e como garantir a renda podem sofrer alterações.

Auxílio Coronavírus, ajuda, trabalhadores, carteira assinada, Coronavírus

Informações: ocp news

Disqus Comments