Estudante de direito morre após briga generalizada em festa


07/11/2019

Image
A estudante de direito Luana Farias de Oliveira, de 20 anos, morreu depois de ser cortada por uma garrafa, durante uma briga, na madrugada deste domingo (3), em Campo Grande (MS). A vítima foi atingida no pescoço e, segundo a polícia, não tinha nenhum envolvimento com a confusão.
A briga teria começado por volta das 2h na rua Elesbão Murtinho, no bairro Universitário. A Polícia Militar (PM) foi chamada por causa do barulho da festa, mas, quando os militares chegaram, o evento já tinha sido encerrado.



A jovem estava junto do marido, que também não participava da briga e não ficou ferido. Ele explicou à polícia que a mulher reclamou de um ferimento no pescoço e, logo depois, desmaiou. Ela chegou a ser levada por amigos à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro.
Segundo testemunhas, a confusão teve início no momento em que o casal estava indo embora da festa. Um homem teria tentado golpear outro com uma garrafa cortada e acabou atingindo Luana por acidente.
A irmã da vítima, Jéssica Faria, postou um desabafo no Facebook. “Minha linda estava tão feliz ontem que subiu de cargo no serviço, ia pegar folga hoje e queria comemorar. Tão jovem, tão linda, tão inteligente, querida. Não tinha maldade! Eu não acredito que isso aconteceu com você! […] Eu espero que você esteja com o Pai Celestial agora, descansando desse mundo cruel”, disse.


BHAZ