Gerentes do BB viram réus por forjar sequestro e desviar R$ 59 milhões

Dois gerentes do Banco do Brasil, presos desde o dia 29 de agosto e acusados de integrarem um esquema criminoso interestadual, tornaram-se ...

Dois gerentes do Banco do Brasil, presos desde o dia 29 de agosto e acusados de integrarem um esquema criminoso interestadual, tornaram-se réus no processo, junto de um terceiro homem, após a Justiça Estadual aceitar a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). Pedro Eugênio Leite Araújo e Celso Luiz Grillo de Lucca, gerentes das agências de General Sampaio e Tejuçuoca, no interior do Estado, são acusados de desviar quase R$ 60 milhões do Banco do Brasil.





A denúncia pelos crimes de associação criminosa e fraude, elaborada pelo promotor de Justiça Jairo Pequeno Neto, foi recebida pelo juiz José Cleber Moura do Nascimento, da Comarca de Pentecoste, no último dia 1º de outubro. O Sistema Verdes Mares teve acesso aos documentos.

Conforme a acusação, no dia 22 de agosto deste ano, os criminosos criaram um débito na agência de General Sampaio, com a assinatura dos dois gerentes, e creditaram o valor em uma conta-poupança em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

A superintendência do Banco estranhou a atitude dos gerentes porque não houve comunicação a respeito de uma operação que envolvia um alto valor. Após obterem o crédito, "os criminosos continuaram sua empreitada para pulverização dos numerários", afirma o MPCE. Diversas contas bancárias teriam sido utilizadas na divisão do dinheiro, inclusive a de Pedro Eugênio e as contas de parentes de Celso Luiz. Também como forma de lavagem de dinheiro, eles teriam tentado comprar um veículo e uma fazenda.

Para o Ministério Público, Pedro e Celso estavam "totalmente envolvidos" com a situação e, quando perceberam que a trama criminosa não teria êxito, buscaram meios de se isentar, incluindo a procura pelo departamento de segurança do BB e até forjar uma narrativa de sequestro que durou três dias, contada às autoridades.

O mineiro Jeferson Alves Ferreira é o terceiro réu do processo. Segundo o MPCE, em seu interrogatório, ele confessou a trama criminosa e afirmou que os dois servidores públicos estavam envolvidos. Para movimentar a alta quantia, o grupo precisava da assinatura digital de dois gerentes do Banco do Brasil.

Versão de sequestro

No depoimento à Polícia, Pedro Eugênio negou que tenha participado dos crimes e alegou que foi sequestrado e obrigado a realizar, no banco, "todos os procedimentos que demais membros da associação criminosa ordenaram, sob pena de matarem ele e a sua esposa". Além disso, não teria avisado ao banco sobre a extorsão porque estava "com medo de sofrer represálias". Porém, para o MPCE, a versão é "inverídica" e as provas colhidas apontam que Pedro estava na lista de beneficiários para receber, pelo menos, R$ 600 mil. Além disso, afirma que o gerente "ficou o tempo todo na posse de seu celular, dormia em casa e também foi pegar Jeferson no hotel", como revelaram as imagens de câmeras de monitoramento de um hotel em Fortaleza.

Celso Luiz também negou a participação no crime e contou que foi visitado por Pedro e mais dois homens, que se apresentaram como funcionários do banco. Somente depois de entrar em um veículo, ele teria sido informado de que estava sendo monitorado 24 horas por dia e que, se "agisse de forma diversa", matariam a ele, sua mãe e Pedro.

O advogado Waldir Xavier, representante de Pedro, afirma que o cliente foi vítima de extorsão e sequestro. "De repente, ele está no polo ativo como se tivesse cometido o crime. Ele nega veementemente isso. Vamos aguardar sermos citados oficialmente para poder rebater, nos autos, as acusações que lhe são formuladas", pontua.

O advogado Hélio Leitão, responsável pela defesa de Celso Luiz, informa que ainda não tomou ciência do teor da denúncia. "O que podemos assegurar é que ele é inocente, vítima de extorsão. Vítima e não autor de delitos. Impetramos habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça e esperamos que sua liberdade seja logo restaurada", declara. A defesa de Jeferson Alves não foi localizada pela reportagem.

O Banco do Brasil informou, em nota, que "apura o caso, seguindo os trâmites previstos em seu processo de gestão disciplinar".

Doleiro

O Ministério Público considera, na denúncia, que é preciso aprofundar as investigações contra um doleiro mencionado nas conversas como 'Kleber', responsável pela indicação de contas para receber o dinheiro do banco; outros familiares dos gerentes; e uma pessoa de nome 'Nangi', que teria um relacionamento amoroso com Jeferson. A pedido do MPCE, a Justiça bloqueou todas as contas que receberam os valores desviados.

(Diário do Nordeste)
Entretenimento em tempo real Futebol transmissão na internet Assista ao vivo Fofocas TV famosos Vídeos virais Mulheres gatas
Nome

Bizarro,3,Brasil,259,Ceara,895,Curiosidade,1,Entretenimento,59,Futebol,6,Mundo,90,Noticias,11,Novelas,9,Policia,76,Politica,3,Regional,2109,Sem categoria,1,TV,6,Varjota,590,
ltr
item
Varjota em Destaque Notícias e Rádio Varjota, Mais Forró: Gerentes do BB viram réus por forjar sequestro e desviar R$ 59 milhões
Gerentes do BB viram réus por forjar sequestro e desviar R$ 59 milhões
https://1.bp.blogspot.com/-ba55ZaVEOpk/XaBgKDzdsUI/AAAAAAAADBc/O1oBCplio_Yo4ok9o0jNv36A79bcBG7ewCNcBGAsYHQ/s640/bb.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-ba55ZaVEOpk/XaBgKDzdsUI/AAAAAAAADBc/O1oBCplio_Yo4ok9o0jNv36A79bcBG7ewCNcBGAsYHQ/s72-c/bb.jpg
Varjota em Destaque Notícias e Rádio Varjota, Mais Forró
https://www.varjotaemdestaque.com/2019/10/gerentes-do-bb-viram-reus-por-forjar.html
https://www.varjotaemdestaque.com/
https://www.varjotaemdestaque.com/
https://www.varjotaemdestaque.com/2019/10/gerentes-do-bb-viram-reus-por-forjar.html
true
1155359983811472067
UTF-8
Todas as postagens carregadas Não foram encontradas postagens VER TUDO Continue lendo Resposta Cancelar resposta Delete Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ RÓTULO ARQUIVO PROCURAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foi encontrada nenhuma correspondência de postagem com sua solicitação Voltar ao início do portal Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Segue ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe. PASSO 2: clique no link que você compartilhou para desbloquear Copiar todo o código Selecionar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar