Corpos achados em lagoa no Ceará são de mãe e filha


30/10/2019

Image
Um homem foi preso na tarde desta terça-feira (29) suspeito de matar a companheira e a filha de sete meses em Fortaleza. Os corpos das vítimas foram encontrados neste domingo (27), no Bairro Sapiranga. De acordo com a Polícia Civil, ele confessou o crime ao depor na sede da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).




De acordo com testemunhas, no início da manhã de domingo (7), uma pessoa foi lavar os pés na lagoa do soldado e encontrou a criança já sem vida.

O corpo da mulher foi localizado no mesmo dia em um terreno abandonado na Rua Eliseu Oriá, no Bairro Sapiranga, a um km do local onde um corpo do bebê foi achado.

A mulher, não identificada, estava sem roupa e com lesões "provocadas por instrumento contundente", segundo nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Segundo o perito forense Leão Júnior, que atendeu a ocorrência, a criança estava com sinais de estrangulamento e também de afogamento. "O que a gente pode constatar é que é uma criança aparentemente bem nutrida, sendo do sexo feminino. Sinais externos de violência não foram observados. Trabalha-se com a hipótese de um afogamento ou sufocação", destacou.

Informações G1