20 gatos são achados mortos com sinais de violência


13/10/2019

Image
Moradores acreditam que os felinos sofreram ataque de um ou mais cães.
Cerca de 20 gatos foram encontrados mortos com marcas de mordidas pelo corpo na manhã deste sábado (12), às margens da Lagoa do Mondubim, em Fortaleza.

Há seis anos cuidando dos bichos no local, o cabeleireiro Luís Carlos suspeita que os felinos sofreram um ataque de um cão. Além de mordidas, havia também marcas de garras principalmente na região do pescoço dos animais.

O morador lamentou bastante a matança, que segundo ele, não é a primeira. "A gente chega aqui e se depara com essa situação. É muito triste. Trazemos ração, cuidamos e acontecer isso. Não foi envenenamento", afirma.

Luis Carlos aproveitou para fazer um apelo aos donos de cachorros. Ele pediu para que houvesse mais cuidado quando as pessoas fossem passear com seus cães pelo local. "Importante usar sempre a focinheira e ter cuidado para eles não se soltarem da coleira e atacarem os gatos", alertou.

Próximo do local onde os gatos foram mortos, ha uma cabana improvisada feita com tábuas e plásticos, que abriga em torno de 50 felinos, que recebem comida de moradores da região.

Agentes da Polícia Militar Ambiental estiveram no local colhendo depoimentos de moradores para auxiliar na investigação do caso.

Crime

De acordo com o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, pode ser preso, com pena de três meses a um ano, além do pagamento de multa.

(Diário do Nordeste)