Garota de programa é presa ao se passar por apresentadora de TV em Fortaleza


09/09/2019

Image
Garota de programa se passava por apresentadora Jack Lima em sites de pornografia

Apresentadora da TV Diário, Jack Lima


Uma garota de programa que usava fotos da apresentadora da TV Diário Jack Lima em sites de pornografia foi presa em flagrante na noite desta quinta-feira (5) enquanto aguardava um cliente no estacionamento de um supermercado, em Fortaleza. A mulher cobrava R$ 200 pelos encontros. Ela foi autuada por estelionato, falsidade ideológica e falsa identidade, informou o delegado Jaime de Paula, responsável pela prisão.

Segundo Jack Lima, que estava presente no momento do flagrante policial, a suspeita a seguia nas redes sociais e chegou a dizer que as pessoas costumavam comentar sobre a semelhança física entre as duas. A apresentadora também conta que a mulher pediu desculpas e alegou fazer aquilo “para pagar a faculdade”.

“Quem sou eu pra julgar? Longe de mim fazer julgamentos. Agora, eu acho assim, se você quer fazer, arque com as consequências, coloque a sua cara. Sempre na minha vida, todos os meus erros, meus acertos, eu sempre enxerguei, fui eu que fiz. Eu trabalho desde pequena, nunca fui filha de gente rico. Tudo que tenho hoje foi graças ao meu trabalho. Nem homem, nunca tive homem que me desse nada. Até porque eu nunca quis isso, sempre tive medo desse tipo de relação, que homem segurasse na mão", desabafou a apresentadora em suas redes sociais.

"E ela dizendo ‘não, me perdoe, me perdoe, porque eu tenho que pagar minha faculdade’. Não justifica isso, sabe? Eu não tenho nada a ver com isso, mas que colocasse a foto dela, não que colocasse a minha foto. E o pior, a pessoa ainda é casada, tem dois filhos”, acrescentou.

Lima tomou conhecimento do caso após um amigo ver a foto da apresentadora em um site. Foi então que ela acionou polícia e advogado, e a garota de programa foi encontrada.

Segundo o delegado Jaime de Paula, a suspeita, identificada por Grace Kelly, é casada e mãe de dois filhos, e disse em depoimento que fazia programas porque precisava do dinheiro. Ela usava a imagem da apresentadora há cerca de três meses.

“Disse que era casada e não podia usar a imagem dela, e usou a da Jack por se achar parecida, que isso ia trazer prejuízo pra família”, comenta o delegado.

A mulher não tinha antecedentes criminais, foi liberada após audiência de custódia e vai responder pelos crimes em liberdade.

Informações Diario do Nordeste