Celular explode e por pouco a situação não termina em tragédia em Tamboril


26/08/2019

Image

 
A professora Adriana Oliveira por pouco não teve a casa destruída pelo fogo. E tudo aconteceu devido a um aparelho de celular que estava carregando por horas conectado na rede elétrica em um quarto da casa onde ela mora com a família na Vila São José, conhecido Bairro da cidade de Tamboril.
O caso aconteceu no dia 20 de agosto. Adriana informou ao blog que a filha deixou o celular carregando em cima da cama pela manhã e foi para a escola. Ao retornarem por volta das 11 horas, elas viram fumaça no local e a cama estava sendo consumida pelas chamas. Elas chamaram vizinhos para ajudar e conseguiram apagar o incêndio.
Por pouco uma tragédia não veio a acontecer. Segundo ela, o celular explodiu e o fogo além de destruir a cama, consumiu também vários outros objetos próximos ao local.
Casos que envolvem a explosão de celulares não são tão raros assim. Vez por outra encontramos matérias em jornais e na internet de situações como essa. Mas infelizmente, por mais alertas que se faça, casos como assim continuam acontecendo.
Manuel Sales