Pai mata filha esganada por causa de dinheiro de pensão


17/06/2019

Image
A Polícia Civil de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, divulgou nesta sexta-feira, 14, detalhes de um crime que chocou a cidade devido a barbaridade que um pai praticou contra a filha.
Luiz Carlos Nadolny, 48 anos, foi preso e confessou ter esganado a filha Aline Miotto Nadolny, 27 anos. O corpo da moça foi encontrado ao lado da Colônia Penal Agrícola da cidade.
Segundo o delegado, Reinaldo Zequinão, a terapeuta ocupacional morreu por não querer intermediar uma briga entre o pai e a mãe em razão do pagamento de pensão da filha mais nova do casal.




Pai e filha não se encontravam há três anos. Em depoimento, o homem confessou o crime e contou em um momento de raiva esganou a moça dentro do carro. “Quando ele estava matando, a menina falava: ‘pai, eu te amo'”, relatou o delegado.
A defesa de Luiz Carlos não se pronunciou sobre o caso. Já o marido de Aline explicou que ela desapareceu no dia 6, quando saiu a pé, tendo o sinal do celular deixado de funcionar a cerca de dez quadras do apartamento em que eles moravam.

Catraca Livre