Mulher é presa após se passar por policial civil em Sobral


25/02/2019

Image
Na noite deste sábado, dia 23 de fevereiro de 2019, por volta das 22:00h, policiais militares lotados na Uniseg Sobral efetuaram a prisão da mulher identificada como Maria Madalena Fernandes Rodrigues. Segundo informações repassadas a Ciops Sobral, pelo proprietário de estabelecimento comercial desta cidade, a mulher chegou ao local se identificando como policial civil e portando ostensivamente uma carteira com as insígnias da Policia Civil do Ceará, recusando-se ao final do consumo a pagar a conta. 




A equipe da PM foi acionada para atender a ocorrência e acabou constatando que Maria Madalena não é policial civil e se utilizava indevidamente de símbolo oficial para obter vantagens. A mulher recebeu voz de prisão e foi conduzida até o plantão policial da Delegacia Regional de Sobral, onde acabou autuada pelos crimes de fazer uso indevido de marcas, logotipos, siglas ou quaisquer outros símbolos utilizados ou identificadores de órgãos ou entidades da Administração Pública. Foi apreendida ainda a carteira com as insígnias da PCCE. A autoridade policial plantonista adverte as pessoas do povo, que não são policiais ou agente público em geral, que se abstenham de tal prática, tendo em vista a pena alta prevista para o crime, penas de 2 a 6 anos de reclusão e multa.

(Sobral 24 horas)