PM é suspeita de matar marido em casa com tiro acidental


12/08/2018

Image

Um comerciante de 27 anos morreu após ser atingido com um tiro na cabeça na manhã deste sábado (11), dentro da casa dele, em Porangaba (SP). 

A suspeita é de que a mulher dele, que é policial militar da cidade, tenha disparado acidentalmente.

À TV TEM, um vizinho do casal contou que estava lavando o carro quando ouviu um barulho de tiro. Pouco tempo depois a mulher saiu da residência correndo e pedindo ajuda às pessoas que estavam na rua. O vizinho contou que ajudou a policial militar e acionou a Polícia Rodoviária de Botucatu (SP).

Outra amiga do casal afirmou que a mulher do comerciante é policial militar e disse que ela teria disparado acidentalmente contra ele.

César Soares foi socorrido e levado ao pronto-socorro da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da tarde.


A Polícia Militar foi questionada sobre o ocorrido, mas até o momento não se manifestou.

/TV TEM