TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Últimas Notícias de Varjota

Mais de Varjota

Começaram os grandes clássicos da 10ª rodada do Brasileirão 2018

Grandes clássicos nacionais, na 10ª rodada do Brasileirão 2018 começaram já nesta terça-feira, com São Paulo x Internacional em 0X0. 




A equipe da casa tem o terceiro melhor desempenho entre os mandantes e pode ser considerada favorita por receber o quinto pior ataque mandante deste bimestre.

Mesmo com um clássico na rodada e desfalcado do meia Jadson, o Corinthians apresenta retrospecto que o alça à condição de favorito. Quando mandante, de 2006 para cá venceu sete vezes, houve dois empates e duas vitórias do Santos, que atualmente tem o pior desempenho entre os visitantes, com o pior ataque e a terceira pior defesa.

Veja o retrospecto histórico e o desempenho de mandantes e visitantes entre 7 de abril e 5 de junho deste ano para a rodada 10:

São Paulo x Internacional 

 São Paulo. Com este mando, desde 2006 houve cinco vitórias do São Paulo (55%), três empates e três vitórias do Internacional (36%) em 11 jogos. Entre os mandantes, de abril para cá, o São Paulo tem o terceiro melhor desempenho (78%, 4V, 2E, 0D), com o oitavo ataque mandante (10 gols, média 1,67) e a 11ª defesa (6 gols, média 1,00). Quando foi visitante no último bimestre, o Internacional tem o 12º aproveitamento (27%, 1V, 1E, 3D), com o quinto pior ataque visitante (3 gols, média 0,60) e com a oitava defesa (6 gols, média 1,20).

Vitória x Chapecoense 

 Difícil. Mesmo mandante, de 2006 em diante pela Série A o Vitória (11%) ainda não venceu. Houve um empate e duas vitórias da Chapecoense (78%) em três jogos. Quando foi mandante no último bimestre, o Vitória tem o terceiro pior desempenho (38%, 2V, 3E, 3D), com o quarto pior ataque mandante (8 gols, média 1,00) e a 15ª defesa (9 gols, média 1,13). Quando atuou como visitante, a Chapecoense tem o quinto pior desempenho (17%, 0V, 3E, 3D), com o 12º ataque (5 gols, média 0,83) e a segunda pior defesa visitante (14 gols, média 2,33).

Botafogo x Ceará 

 Botafogo. Se comparados apenas os jogos válidos pelo Brasileirão de pontos corridos com 20 clubes, com este mando houve duas vitórias do Botafogo em dois jogos. No último bimestre, como mandante, o Botafogo tem o 12º aproveitamento (60%, 2V, 3E, 0D), com o 12º ataque (7 gols, média 1,40) e a 11ª defesa mandantes (5 gols, média 1,00). Atuando como visitante, o Ceará tem o décimo aproveitamento (28%, 1V, 2E, 3D), com o sexto ataque visitante (7 gols, média 1,17) e a 15ª defesa visitante (11 gols, média 1,83).

Sport x Atlético-PR

 Sport. De 2006 para cá, pela Série A com este mando foram quatro vitórias do Sport (67%), dois empates e uma vitória do Atlético-PR (24%) em sete jogos. Quando mandante nos últimos dois meses, o Sport tem o oitavo desempenho (67%, 2V, 2E, 0D), com o sétimo ataque mandante (7 gols, média 1,75) e a 11ª defesa (4 gols, média 1,00). Considerados apenas os visitantes, o Atlético-PR tem o 15º aproveitamento (19%, 0V, 4E, 3D), com o quarto pior ataque visitante (4 gols, média 0,57) e com a nona defesa (9 gols, média 1,29).

Corinthians x Santos

 Corinthians. O retrospecto no confronto com este mando pela Série A do Brasileiro desde 2006 tem sete vitórias do Corinthians (70%), dois empates e duas vitórias do Santos (24%) em 11 jogos. Com o mando de campo, nos últimos dois meses, o Corinthians tem o 11º desempenho (62%, 4V, 1E, 2D), com o 15º ataque (9 gols, média 1,29) e a nona defesa mandantes (6 gols, média 0,86). O Santos tem o pior desempenho (0%, 0V, 0E, 6D), com o pior ataque (2 gols, média 0,33) e a terceira pior defesa visitante (12 gols, média 2,00).

Cruzeiro x Vasco

 Cruzeiro. Quando teve o mando desse jogo em Brasileirões com 20 equipes, desde 2006, houve cinco vitórias do Cruzeiro (63%), dois empates e duas vitórias do Vasco (30%) em nove jogos. De abril em diante, como mandante, o Cruzeiro tem o segundo melhor desempenho (86%, 6V, 0E, 1D), com o segundo melhor ataque mandante (15 gols, média 2,14) e a segunda melhor defesa (2 gols, média 0,29). Como visitante, o Vasco tem o décimo aproveitamento (28%, 1V, 2E, 3D), com o 15º ataque (4 gols, média 0,67) e a quinta pior defesa visitante (12 gols, média 2,00).

Grêmio x Palmeiras

 Difícil. Este confronto com este mando no Brasileirão com 20 equipes teve quatro vitórias do Grêmio (52%), cinco empates e duas vitórias do Palmeiras (33%) em 11 jogos. Nos últimos dois meses, em casa, o Grêmio tem o sétimo aproveitamento (71%, 4V, 3E, 0D), com o quarto melhor ataque (14 gols, média 2,00) e a segunda melhor defesa mandantes (2 gols, média 0,29). O Palmeiras tem o segundo melhor desempenho visitante (62%, 4V, 1E, 2D), com o segundo melhor ataque (11 gols, média 1,57) e com a quinta melhor defesa (6 gols, média 0,86).

Paraná x Bahia 

Difícil. Nos jogos da Série A de 2006 em diante, com este mando houve uma vitória do Paraná (100%), nenhum empate e nenhuma vitória do Bahia (0%) em um jogo. Frente à sua torcida, de abril em diante, o Paraná tem o segundo pior aproveitamento (33%, 1V, 2E, 2D), com o segundo pior ataque (3 gols, média 0,60) e a segunda pior defesa mandantes (7 gols, média 1,40). Por sua vez, fora de casa o Bahia tem o nono aproveitamento (29%, 2V, 0E, 5D), com o segundo pior ataque visitante (3 gols, média 0,43) e com a 12ª defesa visitante (11 gols, média 1,57).

Fluminense x Flamengo

Difícil. Pela Série A nos pontos corridos desde 2006 com este mando houve quatro vitórias do Fluminense (39%), dois empates e seis vitórias do Flamengo (56%) em 12 jogos. Em casa, de abril para cá, o Fluminense tem o melhor desempenho mandante (87%, 4V, 1E, 0D), com o quarto melhor ataque (10 gols, média 2,00) e a quinta melhor defesa mandantes (2 gols, média 0,40). Já o Flamengo tem o quarto melhor aproveitamento visitante (57%, 3V, 3E, 1D), com o quarto melhor ataque visitante (9 gols, média 1,29) e com a terceira melhor defesa visitante (5 gols, média 0,71).

América-MG x Atlético-MG

Difícil. Em jogos com este mando pela Série A do Brasileiro, desde 2006, o América-MG (17%) ainda não venceu quando mandante. Houve um empate e uma vitória do Atlético-MG (67%) em dois jogos. Nos jogos disputados no último bimestre, como mandante o América-MG tem o oitavo desempenho (67%, 4V, 0E, 2D), com o sexto ataque mandante (11 gols, média 1,83), mas a quarta pior defesa (7 gols, média 1,17). Entre os visitantes, o Atlético-MG tem o 13º desempenho (25%, 1V, 3E, 4D), com o nono ataque (9 gols, média 1,13) e a 14ª defesa (13 gols, média 1,63). O Atlético-MG também manda seus jogos no Independência, mas vale o mando da tabela.

Globo Esporte
Disqus Comments

Últimas Notícias

Mais de Últimas Notícias