Pastor evangélico é preso por pedir fotos íntimas de fiéis

Um pastor evangélico foi preso preventivamente suspeito de pedofilia na noite de domingo (8) em Balneário Camboriú, no Litoral Norte.





 Segundo a Polícia Civil, a prisão foi expedida pela Justiça de Goiás, pois o caso teria ocorrido na cidade de Cristalina, localizada naquele estado. Existe a suspeita, entretanto, que tenha havido mais vítimas em Santa Catarina.
A prisão ocorreu quando ele chegava para presidir um culto no Centro do município. O nome do pastor e o sexo e a idade da vítima não foram divulgados pela polícia.
Conforme os policiais, o pastor se utilizava da posição de religioso para manter conversas de cunho sexual e pornográfico por WhatsApp com a vítima e convencê-la a enviar fotos e vídeos sob o pretexto de que a curaria de uma maldição.
Uma das vítimas procurou a polícia em Goiás e relatou os fatos. Depois foi pedida a prisão do pastor, tendo sido determinada pela Justiça.
A Polícia Civil pede que quem tiver alguma denúncia relacionada ao suspeito deve ligar para o telefone 181.

 Informações com: G1
Disqus Comments

Últimas Notícias

Mais de Últimas Notícias