Fortaleza: Professor universitário é baleado em Pré-Carnaval

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Notícia de Varjota em Região

JORNAL VARJOTA EM DESTAQUE, notícias de Varjota e Região

A estreia do JORNAL VARJOTA EM DESTAQUE foi na segunda, dia 25 de setembro de 2017, as 12:30, quando a TV VARJOTA EM DESTAQUE entrou no ar ...

EDIÇÕES ANTERIORES DO JORNAL VARJOTA EM DESTAQUE

MAIS DA CATEGORIA TV VARJOTA EM DESTAQUE»

Receba atualizações do Site e da TV

Fortaleza: Professor universitário é baleado em Pré-Carnaval

Sérgio Sobreira, produtor cultural e professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), de aproximadamente 55 anos, era um dos vários foliões que antecipavam o Carnaval no Bar da Mocinha, na Praia de Iracema, na tarde do último sábado, 6, quando sofreu um assalto que por pouco não tomou sua vida — além do colar que estava em seu pescoço. Mais cedo, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) havia desmentido uma informação de um homicídio que teria ocorrido durante o Pré-Carnaval do Bloco Glitter.




Por ter cambaleado no susto, Sérgio foi baleado pelo ladrão. Um anestesista que também estava na festa conseguiu prestar os primeiros socorros e levou o professor ao Instituto Doutor José Frota (IJF), onde ele foi operado e permaneceu internado ontem até se estabilizar.

O relato foi narrado ao O POVO por uma amiga de Sérgio, que pediu para não ser identificada. A mesma fonte informou que o professor perdeu muito sangue e que, apesar de ter entrado no peito e se alojado na epiderme, a bala passou somente de raspão pelo coração. “Nenhum órgão vital foi seriamente atingido”, garantiu a amiga. Até esta noite, segundo ela, Sérgio estava estável e sedado, aguardando transferência do IJF para o Hospital Monte Klinikum. Por telefone, uma atendente do IJF confirmou a entrada do homem no hospital.
A reportagem contatou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para saber a versão da Polícia sobre o crime e se o suspeito havia sido capturado, mas foi informada pela assessoria de imprensa da pasta que não havia registro da ocorrência na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) nem nas delegacias da região. Contudo, em nota, a SSPDS afirmou que, devido às mudanças de equipes de plantão no fim de semana, a demanda necessitaria de mais tempo para ser apurada. “Aprofundaremos a ocorrência nesta segunda-feira, de forma que enviaremos uma nota com dados consistentes”.

*** Informações com Luana Severo via O Povo - Imagem adaptada para o AI.

Compartilhe:

Disqus Comments