patrocinadores

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Preso que estuprou menina em presídio é encontrado morto na cela

José Honilson abusou de criança dentro do presídio há menos de um mês atrás e morte será investigada.


Muitos presidiários que foram condenados por crimes como estupro e pedofilia acabam permanecendo em celas especiais e ou alas separadas. Essa é a realidade de alguns presídios que adotam essa medida a fim de evitar maiores conflitos entre com os demais presidiários. Essa divisão ocorre em sua maioria das vezes pelo fato de que muitos presos não toleram esse tipo de crime na prisão, e acabam atacando os demais criminosos que estão presos na mesma penitenciária. Vários casos de presos mortos já foram relatos e o último aconteceu em Manaus, com José Honilson, que pode ter sido morto após abusar de uma criança.

Há menos de um mês atrás, no dia 28 de julho José Honilson Félix de Abreu, de 22, anos abusou de uma criança de apenas oito anos de idade. O crime acabou sendo noticiado em diversos locais, elucidando o caso inédito do preso que abusou da menina dentro de uma prisão enquanto ela visitava o seu pai. A criança estava acompanhada de sua mãe no presídio e o homem que cometeu o abuso era amigo da família. O presidiário estava com a menina em um local separado de seus pais no momento em que o abuso aconteceu. A menina saiu chorando da cela em que o homem a levou, e foi o pai da criança quem viu ela na companhia de José.

O homem chegou a beijar a criança e fez sexo oral nela, segundo informações divulgadas pelas autoridades que indiciaram o homem, que já estava detido, pelo crime de pedofilia. Momentos após o abuso, todos os envolvidos foram ouvidos pelas autoridades, momento em que José confessou ter abusado da criança. O presidiário foi encontrado morto na noite desta sexta-feira (25) por volta de 21h. Segundo as autoridades, José estava com uma corda enrolada em seu pescoço dentro da cela em que ele estava detido, no Centro de Detenção Provisória Masculino localizado no km 8 da BR-174, em Manaus.

Não foram divulgadas nenhuma informação sobre a causa da morte do homem, que aparentemente se suicidou, segundo as provas iniciais recolhidas pelas autoridades que investigam o caso na capital manauara. O Instituto Médico Legal (IML) deverá lançar uma nota em breve sobre a verdadeira causa da morte de José Honilson. Embora a corda tenha sido encontrada em seu pescoço, algumas pessoas acreditam que o crime tenha sido uma ‘vingança’, após o homem ter abusado da menina a menos de um mês atrás, fazendo com que os crimes possam ter algum tipo de ligação, caso seja comprovado que o preso não se suicidou.

news365



Compartilhe:

 
Varjota em Destaque © 2009-2017 Todos os Direitos Reservados. | Repórter Wagner Passos