slider

Navegue

Homem mata sobrinho de cinco anos á facadas

Um garoto, de cinco anos, foi morto, a facadas, pelo próprio tio, de 32 anos, em Montes Claros, na região norte de Minas Gerais. 


Segundo a polícia, Noel Gonçalves de Oliveira assumiu o crime e disse que tinha intenção de matar a criança. O crime aconteceu na casa em que a vítima vivia com a mãe e outros parentes, no bairro Vila Campos.

Na casa, o garoto estava com o tio e outras pessoas. A mãe dele não estava no imóvel quando aconteceu a agressão. Por volta das 21 h, Oliveira chegou, pegou uma faca que estava em cima do guarda-roupas dele e foi até o quarto onde estava o sobrinho. Familiares e vizinhos socorreram o menino até ao hospital. Alexandre Gonçalves Araújo teve uma parada cardíaca durante a madrugada após passar por uma cirurgia no Hospital Universitário da cidade e não resistiu aos ferimentos.

Testemunhas disseram à polícia, que enquanto todos tentavam ajudar a criança, o suspeito não se preocupou em fugir. Ao chegar no local do crime, os policiais encontraram Noel dentro da casa. Calado, o suspeito não resistiu a prisão. Perguntado sobre os motivos de ter matado o sobrinho, ele disse que tinha a intenção de matar a criança devido a uma discussão que aconteceu com outros familiares. Segundo a polícia, Oliveira disse, ainda, que fez uso de bebida alcoólica momentos antes de cometer o crime.

A faca utilizada no crime foi encontrada, debaixo de peças de roupa, no quarto do autor confesso do crime. No corpo da vítima, os peritos constataram perfurações no peito, bem ao lado do coração, e vários cortes nos pulsos. Para a polícia, o garoto ainda tentou se proteger do assassino.

A família da vítima não quis falar sobre o caso. A mãe do menino e os outros parentes que estavam na casa no momento do crime ainda serão ouvidos pelo delegado. Oliveira, que já tem passagens pela polícia foi levado para o presídio de Montes Claros e está a disposição da Justiça. Para os investigadores, ainda não é possível confirmar se o homem sofre de problemas mentais. Ele deve passar por uma perícia médica para apurar a sanidade dele.

R7

Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: