Adolescente é encontrada carbonizada dentro de Uber roubado

Adolescente é encontrada carbonizada dentro de Uber roubado

Jovem tinha 16 anos e desapareceu na tarde do dia em que seu corpo foi encontrado dentro do veículo em Porto Alegre.


O corpo de uma adolescente foi encontrado em porto Alegre dentro de um veículo carbonizado. Exames da perícia comprovaram que o corpo é da adolescente Lysiane Lopes, 16 anos, desaparecida a três dias da capital gaúcha. Os familiares tiveram a confirmação de que a adolescente estava morta após algumas horas que Lysiane estava desaparecida. A menina foi encontrada dentro de um HB20 proveniente de um roubo realizado dias antes do crime ter acontecido na zona sul de Porto Alegre. Testemunhas disseram as autoridades que viram Lysliane entrando no veículo horas antes, na Zona Leste da capital no bairro Bom Jesus.

Lysliane morava no bairro em que foi vista pela última vez antes das autoridades encontrarem o seu corpo carbonizado dentro do veículo. Segundo a 1ª Delegacia de Homicídios de Porto Alegre, os motivos que levaram a morte da adolescente ainda permanecem como mistério. Nenhum indício de envolvimento da adolescente com pessoas criminosas foi apontado recentemente, mas a jovem possui um histórico familiar recente que pode ter ligações com a sua morte.

Em fevereiro de 2017 o seu irmão, de apenas 17 anos, foi morto no bairro após ser acusado de ter cometido roubo em residências da vizinhança. O jovem foi morto com outro adolescente e essa poderá ser uma das linhas de investigações sobre o que aconteceu com a adolescente encontrada morta no veículo incendiado. O delegado Rodrigo Reis, responsável pelo caso, disse que nenhuma hipótese será descartada no processo de investigação sobre quem matou Lysiane. O veículo em que a adolescente foi encontrada morta foi roubado poucos dias antes do crime, de um motorista do Uber na Avenida Paraná, no bairro São Geraldo.

Reis disse que todas as testemunhas serão ouvidas e uma reconstituição do caminho que poderia ter feito Lysiane em seus últimos momentos de vida deverá ser feito pelas autoridades. Com base no local em que a adolescente foi vista pela última vez e sabendo onde o corpo foi encontrado, algumas provas poderão ser encontradas no caminho, ou alguma testemunha poderá colaborar com algum nome suspeito.

Os familiares de Lysiane não entendem o que aconteceu com a adolescente, que era considerada pelos seus entes queridos como uma pessoa ‘brincalhona’. A adolescente não avisou a irmã e a mãe sobre o local que iria no dia em que o crime aconteceu, o que deixou seus familiares preocupados, pois a jovem sempre contava sobre os locais em que ela frequentava.

news365

Compartilhe:

Disqus Comments