slider

Navegue

Pais da estudante que cometeu suicídio são encontrados mortos

A Polícia acaba de divulgar que cometeram suicídio nesta sexta-feira (28), Marcio Brito e Claudineia Brito, pais de Bruna Andressa Borges, estudante da Universidade Federal do Acre, que também havia tirado a própria vida dois dias antes, em uma transmissão ao vivo pelo Instagram.


O casal era militar e foi encontrado enforcado na garagem da residência da família, em Rio Branco, no Acre. Cada um estava suspenso por uma corda, o que leva a polícia a acreditar que tomaram a decisão em conjunto.

O delegado que já investiga a morte de Bruna está no local nesta tarde, junto com peritos do Instituto Médico Legal. A equipe está tentando colher elementos que possam auxiliar no inquérito, como uma carta, por exemplo.

Bruna havia deixado uma mensagem no Facebook, momentos antes de cometer suicídio, em seu quarto. Na mensagem ela disse que não suportava mais a dor e fez algumas reflexões sobre a capacidade do ser humano em machucar os outros.

Em um outro post recente, a menina havia escrito que “ninguém merece sofrer um relacionamento abusivo”.

Ela foi encontrada pelos parentes também com  uma corda no pescoço, sugerindo que a morte foi por enforcamento.

O pai era militar ativo. Já a mãe era aposentada do serviço militar. Bruna tinha 19 anos e cursava o 3º período de ciências sociais.

Acredita-se que os pais não conseguiram lidar com a própria dor de perder a filha de forma tão trágica. Na quarta-feira (26), logo após o início da transmissão da morte de Bruna, o Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas foi direcionado para o endereço errado.

No título da transmissão, que chegou a ser vista por cerca de 300 pessoas, ela colocou o título “Já viram alguém morrer?”. A polícia já vinha trabalhando na análise do conteúdo do celular da jovem e do HD que ela usava, para coletar mais indícios importantes para o esclarecimento do caso.

Com a morte dos pais, o inquérito provavelmente deve tardar um pouco mais para ser concluído. Policiais que estão no local estão resistindo em dar maiores informações à imprensa para evitar estimular que novos suicídios ocorram na cidade.

news365

Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: