Idoso mata esposa com tiro ao confundi-la com assaltante

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Idoso mata esposa com tiro ao confundi-la com assaltante

Um idoso de 67 anos é investigado por atirar e matar a esposa de 54 anos em Caçapava do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul, no final da noite de domingo (11).


 Em depoimento à polícia, ele relatou que a confundiu com um assaltante. A vítima foi identificada como Fátima Lopes Oleques.
Conforme o delegado plantonista Ricardo Milsesi, o casal dormia quando a mulher ouviu um barulho no pátio e levantou para verificar. O idoso acabou acordando quando ela voltava para o quarto e, ao ver um vulto, deu um disparo de um revólver calibre 22 que a atingiu no peito.

O homem relatou à polícia que chamou por socorro, mas a mulher não resistiu ao ferimento e acabou morrendo no local. Ele foi levado para a delegacia, mas depois foi solto. O delegado explica que a decisão de liberá-lo ocorreu para não agravar o sofrimento do idoso, que estava assustado com o que tinha acontecido.

"Não cabia naquele momento agravar a situação daquele senhor, por isso, optei por liberá-lo." Milsesi explica ainda que o idoso ficou em estado de choque e precisou de atendimento médico.
Antes de ele deixar a delegacia, agentes fizeram uma perícia na casa. Segundo o delegado, a situação da casa "era verossímil com o relato do idoso". Também de acordo com Milsesi, o casal não tinha antecedentes criminais. "Eram pessoas de bem, reconhecidas no meio social. Tudo leva a crer que houve a situação descrita pelo idoso."

Entretanto, a arma estava em situação irregular. Segundo o delegado, ela pertencia ao idoso, que não tinha posse de arma. O caso agora segue sendo investigado pela Delegacia de Caçapava do Sul.

G1
Caderno: NACIONAL

Compartilhe:

Disqus Comments