slider

Navegue

Rádio Varjota

Criança é brutalmente espancada até a morte pelo namorado da mãe

A perícia constatou mais de 100 ferimentos no corpo do menino, incluindo marcas de mordidas, ossos quebrados e socos.


O britânico Chevaze McGregor, de 30 anos, foi preso por espancar até a morte o pequeno Jeremiah Regis-Ngaujah, de dois anos e nove meses.

O garoto era filho da namorada do criminoso, Sindyann Regis. O caso aconteceu na Inglaterra.

A perícia constatou mais de 100 ferimentos no corpo do menino, incluindo marcas de mordidas, ossos quebrados e socos - um deles no estômago, que levou à morte de Jeremiah.

Sindyann estava presente no momento das agressões. Quando o garoto perdeu os sentidos, ela começou a gritar para os vizinhos que seu filho "não estava bem".

Quando o socorro chegou, Chevaze foi quem levou Jeremiah no colo até a ambulância, mas o garoto já não tinha mais pulso e não respirava mais.

Os médicos começaram a suspeitar de algo errado quando examinaram os ferimentos no corpo de Jeremiah. A polícia foi alertada e o corpo encaminhado para a perícia - que constatou hemorragia interna no estômago.

"Ás vezes ele ficava com tanta raiva que todos sentiam medo dele", contou a mãe da vítima para a polícia. Apesar de ter admitido que aceitou que o namorado agredisse o filho, Sindyann não foi acusada pela morte do garoto, mas responderá ao processo como cúmplice.

 Chevaze e Sindyann serão sentenciados em 23 de junho de 2017.

Rede TV
Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: