slider

Navegue

Homem mata brutalmente bebê de 11 meses por espancamento

O servente de pedreiro Iarley Mendonça de Souza, de 32 anos, natural de Cajazeiras (PB), matou brutalmente a bebê Gabriela Aparecida Duarte da Silva, de 11 meses, por espancamento. 



O crime aconteceu em Lavras da Mangabeira, nesta sexta-feira, 26, no centro da cidade.

Depois de praticar a violência, o acusado entregou Gabriela agonizando nas mãos da tia, Ana Rita Gomes Duarte, de 30 anos, e fugiu, sendo preso em seguida. A criança foi socorrida às pressas e encaminhada ao hospital, porém, não resistiu à gravidade da violência.

Iarley foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu, onde foi autuado pelo delegado Ariel Alves de Freitas por homicídio qualificado. O suspeito está preso em uma cadeia da Região Centro-Sul. A Polícia não informa o local onde ele está preso por medida de segurança.
Segundo a Polícia Civil do Estado do Ceará, o fato ocorreu no centro da cidade. Moradores acionaram uma viatura da PM e informaram que na Rua Padre Raimundo Augusto um homem havia jogado uma criança contra a parede.
No local, os policiais constataram a veracidade da denúncia e socorreram imediatamente a vítima para uma unidade de saúde da região, onde a criança morreu. Além das lesões provocadas pelo impacto, a bebê também apresentava mordidas pelo corpo.
O homicida foi localizado ainda nas proximidades e não esboçou reação durante a prisão. Ele foi encaminhado para a unidade regional de Polícia Civil, onde foi indiciado em flagrante por homicídio.
A mãe da criança é deficiente visual e será ouvida nos próximos dias pela Polícia.

O Povo
Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: