Crato: Ex-presidiário é morto a tiros

Crato: Ex-presidiário é morto a tiros

Um ex-presidiário foi assassinado a bala na madrugada deste domingo (14), em Crato. De acordo com informações da Polícia Militar, Jorge Yuri Rocha da Silva, de 25 anos de idade, veio a óbito ao sofrer três disparos de arma de fogo.


O crime aconteceu por volta das 04h30min, na Rua Gerson Zabulon em frente ao número 252 e imediações da igreja de São Sebastião no bairro Ossian Alencar Araripe (Caixa d’água). Policiais civis e militares estiveram no local a busca de dados que pudessem levar a localização e prisão do acusado do homicídio, mas ninguém souber repassar informações a respeito do ocorrido.

A polícia informou que a vítima residia na rua Sete de setembro, 423 na comunidade do Gesso, Bairro Pinto Madeira e já possuía antecedentes criminais por pratica de diversos delitos, dentre os quais violência doméstica e tentativa de homicídio. Na última terça-feira (09), “Joca” como era mais conhecida a vítima, foi preso em flagrante delito após esfaquear à do tórax Wellington Costa Herculano, de 21 anos, residente no Sítio Rodeador, no Distrito de Ponta da Serra que foi socorrido pelo Samu ao Hospital São Francisco e após ter sido medicado saiu por conta própria.

A morte de “Joca” foi o segundo homicídio ocorrido em Crato no mês de maio e o 22º do ano. O primeiro ocorreu último domingo (07), na Rua Raimundo Bezerra de Farias do bairro Alto da Penha. A vítima foi o adolescente William Queiroz dos Santos, de 17 anos, que residia na Travessa Monsenhor Lima, Bairro Pinto Madeira.

Nos dois casos apesar das buscas realizadas pela polícia, em torno dos fatos, os acusados, até o fechamento dessa matéria ainda permaneciam foragidos
 Caririceara

Compartilhe:

Disqus Comments