slider

Navegue

Peixes com larvas são encontrados em açude do Ceará



Fiscais da Secretaria de Agricultura do Ceará solicitaram análises para identificar as causas de uma infestação de larvas nos peixes curimatã do Rio Jaguaribe, na cidade Iguatu, no interior do Ceará. Segundo a Defesa Civil da cidade, o caso foi identificado por pescadores clandestinos no início desta semana.

"As amostras das espécies e da água foram enviadas para Fortaleza hoje (31) e vamos aguardar os resultados. Por enquanto não podemos especular as causas dessas larvas", explica Samuel Bezerra, coordenador da Defesa Civil de Iguatu.

A pesca do peixe está proibida na região por causa do período de reprodução do curimatã, no entanto, alguns pescadores seguem realizando pescas ilegais no Rio Jaguaribe. A Defesa Civil alerta que a população deve evitar se alimentar do peixe até que sejam concluídos os exames e identificado as origens da larva.

"Nós vamos estar nas proximidades do açude para alertar o pescadores para pescarem o peixe por enquanto. O objetivo é coibir totalmente essa prática nos próximos dias. Também vamos alertar a população para evitar o consumo", afirma Samuel Bezerra.

Ainda segundo Bezerra, as amostras dos peixes e da água foram encaminhadas para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Fortaleza. O prazo para conclusão da análise é de até 10 dias.

G1
Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: