Brejo Santo: Motorista é assassinado a tiros na casa da sogra

Brejo Santo: Motorista é assassinado a tiros na casa da sogra


Exatamente uma semana depois e novo homicídio foi registrado em Brejo Santo se constituindo no terceiro do mês e o quarto do ano no município. 



A propósito, abril já desponta como o mais violento dos últimos nove meses se equiparando, até agora, a junho de 2016 quando três pessoas foram assassinadas em Brejo Santo. Por volta das 12h30min desta sexta-feira o motorista Francisco Alves de Lucena, de 67 anos, o “Franco Lucena”, foi morto a tiros.

Ele morava no Sítio Boqueirão, mas se encontrava na calçada da residência de sua sogra na Rua Manoel Leite perto da conhecida Padaria de Rui no centro de Brejo Santo quando foi surpreendido com a chegada de dois homens usando capacetes numa moto Honda Bros de cor preta. Sem qualquer discussão, um deles passou a efetuar os disparos e Franco ainda correu para o interior do imóvel onde tombou morto. Foi um caso de execução sumária com características de pistolagem.

No dia 29 de março de 2012 ele morava no Sítio Lagoa do Mato e informou à polícia que sua filha de 11 anos, estava em casa chorando porque o comerciante Mauro dos Santos, de 53 anos, residente na Rua Manoel Leite, tinha exibido os órgãos genitais para a criança quando esta foi comprar algo no estabelecimento e o acusado foi preso. Franco detinha ainda ações de usucapião tramitando nas comarcas de Iguatu e Quixelô e era testemunha de um crime de receptação em Pacajus.

O último homicídio em Brejo Santo foi sexta-feira, dia 21, no Sítio Lagoa do Mato, tendo como vítima o agricultor Cícero Francisco da Silva, de 35 anos, o “Nelson” que ali morava. Ele foi morto com cinco tiros de revólver na CE-397 que liga Brejo Santo e Porteiras quando foi atocaiado por dois homens numa moto. A vítima era natural de São José do Belmonte (PE) e residiu no Sítio Lagoa da Extrema naquele município onde, em 2008, matou Edivaldo Tomé de Barros e, provavelmente, estava refugiado no Cariri.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

Compartilhe:

Disqus Comments