slider

Navegue

Ao vivo no Facebook! Pai mata filha de 11 meses e comete suicídio

O tailandês Wuttisan Wongtalay, de 20 anos, iniciou uma transmissão ao vivo no Facebook e mostrou o momento em que ele mata a filha, Beta, de 11 meses, e comete suicídio. 


Os corpos dos dois foram encontrados em um prédio abandonado na província de Phuket, na Tailândia, na última segunda-feira (24).ao redor do pescoço dela para matá-la por enforcamento. Depois, ele também se enforca.

A polícia local confirmou que o líquido ingerido pelos dois trata-se de kraton: uma bebida produzida com plantas nativas e que tem efeito sedativo e psicotrópico.

Segundo o jornal Daily Mail, o homem desconfiava de traição da namorada, Jiranuch Trirat, que era mãe da criança, e horas antes, havia ameaçado matá-la. Com medo, a mulher saiu de casa às 15h, mas deixou a criança com ele. "Eu fiquei com medo e fugi de casa, e deixei Beta com ele", relembra a tailandesa. "Voltei para casa no fim da tarde e eles não estavam lá. Eu liguei para ele, para que ele trouxesse Beta, mas não consegui contato. Foi então que eu vi o vídeo e chamei a polícia".

O policial Kissana Phathanacharoen disse que este é o primeiro caso no país de assassinato transmitido pelo Facebook. Para ele, casos parecidos em outros países, como o que aconteceu nos Estados Unidos, podem ter influenciado o pai.

O vídeo original, com a morte de pai e filha, foi retirado da rede social horas após a transmissão, mas cópias continuam circulando na internet. Embora não tenha comentado este caso, o Facebook recentemente se comprometeu a tentar impedir transmissões de assassinato e suicídio na rede social.

 RedeTV
Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: