slider

Navegue

Rádio Varjota

Pai mata a propria filha, após mulher terminar relacionamento



Um agente penitenciário matou a filha adolescente por não aceitar o fim do relacionamento com a mãe da vítima. O crime aconteceu na noite desta terça-feira, no bairro Parque Afonso, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo informações da Polícia Civil, Dário de Oliveira e Silva deu um tiro na cabeça da filha, Dayanne Mariano de Azevedo e Silva, de 13 anos, e se suicidou em seguida. Os corpos foram encontrados pouco tempo depois pela mãe da garota.

— Ele (Dário) era casado, mas mantinha um caso extraconjugal com a mãe de Dayanne há 16 anos. A jovem morava com a mãe e ele tinha livre acesso à casa. Há cerca de três meses, a mulher pôs fim ao relacionamento e ele passou a ameaçá-la e a agredi-la. Ele matou Dayanne e se matou para atingir a mãe (da adolescente) — explicou o delegado Willians Batista, da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Segundo o delegado, há dois dias, a mãe da adolescente havia procurado a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) em Belford Roxo para registrar as ameaças que vinha sofrendo do ex-companheiro.

— Ele vinha ameaçando a mãe de Dayanne e chegou a dizer que a morte seria pouco para ela — disse o delegado.

O assassinato de Dayanne e o suicídio de Dário — cujo corpo tinha marcas de enforcamento — aconteceu na véspera do aniversário da mãe da jovem. O crime, segundo as investigações, aconteceu por volta das 19h. Cerca de três horas depois, quando a mãe de Dayanne chegou em casa, encontrou os dois mortos.

No local do crime foi apreendida uma pistola e dez balas, além de dois projéteis que foram deflagrados
.


Fonte: Extra
Compartilhe

Varjota Destaque Destaque

Poste um comentário: