Conselho Tutelar pede prisão de pai que ensinava profissão de pedreiro ao filho

Conselho Tutelar pede prisão de pai que ensinava profissão de pedreiro ao filho

“Um vídeo postado no Facebook mostra um pai que trabalha como pedreiro, ensinando a profissão ao seu filho… O garoto parece estar se divertindo com a situação e faz tudo extremamente rápido. O garoto seria filho do seguidor da página que divulgou o conteúdo.




Ele foi identificado como Francisco Fonseca. O pedreiro explica que desde novo o menino sempre gostou de trabalhar, mas isso tem gerado uma divisão online. Para algumas pessoas, um menor trabalhando é um absurdo e a cena é um flagrante do que chamam de exploração infantil. Já para outras, o pai está dando um bom exemplo e ensinando a criança a importância do trabalho”

Pois é, o diretor do Conselho Tutelar expediu junto a Vara da Infância e Juventude um mandato de prisão para o pai do garoto, acusando-o de explorar trabalho infantil do filho.

Um internauta, solidário à família vítima de tudo que está acontecendo defendeu o pai do garoto:
“Trabalhei muito com meu pai sempre estudei e brinquei! Hoje sou grato a ele por ter me ensinado a ser quem sou hoje! Com 12 anos comprei minha primeira calça jeans e meu tênis que queria! Fiquei tão orgulhoso de mim! Obrigado meu pai por ter sido um exemplo de guerreirooo!”, disse o rapaz.


Atualização, Notícias falsa?


Diante de um país cheio de corruptos, onde muitas vezes inocentes são presos, e grandes ladrões estão soltos, não é difícil acreditar e certas notícias. Os valores do Brasil se inverteram, ser ladrão, 71, é cultural e heroísmo. Infelizmente é assim no país onde muitos se corrompe, começando pelos os pequenos altos ilícitos. O Brasil infelizmente é assim, um país onde a maioria são sem vergonha.


Agora voltando a matéria, onde vamos investigar mais a profundo sobre esse caso e trazer a verdade. Os relatos abaixo não lucidam 100%.

Se formos analisar essa “reportagem”, podemos notar que ela possui várias características de um hoax, como por exemplo, a falta de fontes e as inúmeras incoerências ao longo do texto.

Em primeiro lugar, em qual Conselho Tutelar o “mandato” teria sido expedido? Somente na cidade de São Paulo existem vários, como podemos ver nessa lista.  

Além disso, nenhum diretor de conselho tutelar pode expedir “mandato” e tampouco mandado de prisão. Isso cabe aos juízes!

A “reportagem” não cita nem o nome do tal diretor e nem mais nenhuma prova de que isso tenha ocorrido de fato.

E pra terminar, a imagem usada para ilustrar essa “notícia” – de um homem sendo levado pelos policias – é de um caso ocorrido em março de 2016 no estado de Minas Gerais, quando um homem foi preso após ter colocado “de brincadeira” um anúncio da venda de um bebê recém-nascido na OLX!




Compartilhe:

Disqus Comments