bizarro! Jovem casada vítima de estupro se apaixona por agressor

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

bizarro! Jovem casada vítima de estupro se apaixona por agressor

Um fato inédito e chocante tem deixado muita gente de cabelo em pé. No Zimbábue, uma jovem casada chamada Talent Zvenyia, de 22 anos apenas, foi vítima de um crime de violência sexual. 



Mas o que aconteceu depois foi o que deixou todos muito assustados. A moça é de um povoado chamado Plot 1 Tredidon, que fica na cidade de Featherstone, onde o crime aconteceu. O Estuprador se chama William Chiocha, um homem de 38 anos, e apesar de ter estuprada a jovem por duas vezes, teve suas acusações retiradas por sua própria vítima.

O perdão


Depois de ser violentada pelo marginal, a jovem decidiu pedir para o tribunal que fosse retirada a queixa que foi feita pelo seu esposo anteriormente, e o motivo foi o mais bizarro de todos. Ao tribunal, ela disse que acabou se apaixonando pelo seu estuprador, isso depois de ter sido violentada duas vezes por ele no ano passado. A vítima ainda revelou que após ter sido forçada a praticar atos sexuais com o criminoso, teve outras relações com o mesmo, só que dessas vezes com o seu consentimento.

Como tudo aconteceu


Os estupros da jovem Zvenyia ocorreram nos dias 1 e 29 de fevereiro do ano de 2016. O primeiro aconteceu quando ela estava com os irmãos, isso durante o dia, por volta de 15h. Na cara dura, o estuprador chegou e revelou suas intenções: disse que queria fazer sexo com ela, mas ela negou, pois era casada.


Depois de ser esnobado, Chiocha voltou ao mesmo local à noite, por volta de 20h. Ele foi até a casa da jovem, entrou e a encontrou sozinha em sua cama. Neste instante, o esposo de Zvenyia, Billa Luckmore Gijima, estava em uma partida de futebol e ainda não tinha retornado. Então foi aí que ocorreu o primeiro estupro, segundo o que a vítima relatou.


Na segunda vez que ocorreu o estupro, o criminoso voltou a visitar a vítima em sua casa por volta das 19h. Dessa vez, ela estava fazendo um jantar enquanto o marido estava bebendo em um bar.

A revelação


Em setembro de 2016, Zvenyia descobriu que o criminoso era amigo do seu marido, e então ela resolveu contar a ele que Chiocha a teria violentado. Foi aí que o homem traído resolveu entregar o criminoso para a polícia.

Segundo a jovem, não foi ela quem teria denunciado o seu estuprador para as autoridades e mesmo que ela não tenha consentido as relações da primeira e da segunda vez, nas demais vezes ela se entregou e teve relações consensuais com o criminoso.

Depois de tal depoimento, o magistrado Fadzai Mutombeni considerou o pedido da moça e retirou as acusações ao réu.

blastingnews

Compartilhe:

Disqus Comments