Beata é dopada e estuprada dentro de casa paroquial

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Beata é dopada e estuprada dentro de casa paroquial

Uma beata de aproximadamente 50 anos de idade foi dopada e estuprada na residência de um padre da Igreja Católica, em Teresina. O caso é investigado sigilosamente pela Polícia Civil do Piauí.


A reportagem do Portal AI5 apurou que a mulher fez exames na Maternidade Dona Evangelina Rosa e no Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela, na semana passada. Na maternidade, confirmou-se o estupro. No Natan Portela, ela recebeu medicação para combater possíveis doenças sexualmente transmissíveis.

Para a polícia, a vítima contou que costumeiramente visitava a casa de moradia paroquial. Na semana passada teria pedido um copo de água e acabou adormecendo na casa do padre. Só teria acordado no dia seguinte.

Um religioso da Igreja Católica acompanhou a beata durante a realização dos exames. Na polícia, a mulher disse que nunca imaginava que o homem que a estuprou seria capaz de cometer o ato.

Os investigadores que trabalham no caso já têm o nome do acusado, mas ainda não revelam, pois resta a realização de um exame para comparar o material recolhido na vítima com o do investigado. Não dizem, sequer, se o suspeito é padre, ou morador da casa, nem mesmo o bairro em que o estupro aconteceu.

Fonte: Portal i5

Compartilhe:

Disqus Comments