Ato de vingança! Deixa quatro pessoas mortas e duas feridas

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Ato de vingança! Deixa quatro pessoas mortas e duas feridas

Vingança foi o principal motivo do ataque que deixou quatro pessoas mortas e duas feridas, na tarde desta terça-feira (27) na Rua do Santíssimo, em Mar Grande, localidade do município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica.



Segundo informações do titular da 24ª Delegacia (Vera Cruz), delegado Geovane Paranhos, Ian da Conceição queria se vingar do vizinho, o pescador Uanderson Senna dos Santos, 30 anos, após ele ter interferido em uma briga de casal na semana passada.

Segundo o delegado, na ocasião, Ian tentou atear fogo no corpo da mulher, mas Uanderson conseguiu impedir. Na tarde desta terça, então, Ian foi até a casa do vizinho acompanhado de seu pai, Itamar da Conceição, que era sargento da Polícia Militar aposentado. O objetivo deles, ainda de acordo com o delegado, era matar Uanderson.

Ao chegar no imóvel, como não localizou o alvo, Itamar começou a fazer disparos nas pessoas que estavam na casa. Jocilene Santana de Sena, 46, e a irmã dela, Jussara Clementina Sena Sacramento, 53, foram atingidas e morreram no local. A polícia acredita que elas sejam parentes de Uanderson.
Uma vizinha identificada como Edna Maria de Santana Sena, 77, também foi baleada. Ela está em estado grave. Ainda de acordo com o delegado Paranhos, Ian tomou a arma das mãos do pai e atirou nele. Itamar também não resistiu ao ferimento.

Uma outra vizinha que entrou no imóvel para ver o que estava acontecendo também foi baleada com um disparo no joelho. Ela foi identificada como Flavia Luiza Santana, 27, e socorrida por uma ambulância do Samu.

Em seguida, Ian se matou com a arma do pai. Os corpos foram encontrados dentro da casa, por policiais da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que o caso será investigado pela Delegacia de Vera Cruz com apoio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), através da Delegacia de Homicídios Múltiplos.

"É uma situação lamentável, mas que será esclarecida apenas com os laudos periciais da Polícia Técnica, que vão apontar a dinâmica dos crimes", explicou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. As testemunhas serão ouvidas, ainda nesta quarta, na Delegacia de Vera Cruz.

***** Informações com:  Correio 24 horas

Compartilhe:

Disqus Comments