Adolescentes têm cabeças e sobrancelhas raspadas por traficantes

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Adolescentes têm cabeças e sobrancelhas raspadas por traficantes

Uma prática realizada nas favelas do Rio de Janeiro e da Bahia chocou policiais nesta sexta-feira-feira (9). Pelo menos 27 denúncias foram registradas na capital carioca de mulheres que são torturadas por traficantes desde 2013 até hoje.



As vítimas, a maioria delas adolescentes, têm cabeças e sobrancelhas raspadas contra a vontade delas. Elas são questionadas a tapas e chineladas por traficantes do Comando Vermelho.

O delegado Deoclécio Francisco de Assis Filho afirmou que a polícia estava atrás de criminosos da Ladeira dos Tabajaras, favela entre os bairros de Copacabana e Botafogo, quando fizeram uma batida em uma casa e encontraram as três mulheres e um grupo de traficantes.

Segundo o UOL, eles teriam se escondido na casa e obrigado uma delas a dizer que era mulher de um deles. Todos foram levados pela PM para a delegacia e as três prestaram depoimento. Ao voltar para a favela, elas foram acusadas pelos traficantes de serem “X-9” (dedo-duro) e foram torturadas.

Um inquérito foi aberto, mas, segundo o delegado, continua parado na delegacia porque as mulheres nunca voltaram para prestar depoimento e reconhecer os agressores. “O caso não foi adiante. Dependia de elas voltarem à delegacia para prestar depoimento”, disse Assis.

Bahia

A situação na Bahia não muda. Após a polícia receber diversas denúncias, o Ministério Público entrou em ação e enviará um ofício para a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA ) para obter informações oficiais sobre o caso.

A SSP-BA informou, com base em análises da Superintendência de Inteligência, que uma das vítimas não quis prestar depoimento à delegacia sobre a agressão sofrida. Uma investigação foi aberta para identificar os traficantes.

Notícias ao Minuto

Compartilhe:

Disqus Comments