patrocinadores

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

Vídeo do pastor preso por estupro ‘abençoando’ político

Conforme a opinião de muitas pessoas, religião e política no Brasil assumem um relacionamento no mínimo vergonhoso.



Embora a Constituição do Brasil reze que o país é um estado laico, onde a Religião não deve influenciar o dia-a-dia da nação ou se intrometer nos assuntos de esfera Política, não é nada disso o que acontece, e um exemplo claro dessa verdade é representada pela dita “bancada evangélica”, apoiadora direta do atual presidente da República Michel Temer e de seus ministros. Mas não é só em Brasília que pastores, bispos e afins se embriagam com o poder e ditam as normas do Brasil. Tanto é assim que o pastor Marcos Pereira da Silva, principal liderança da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, teve as imagens registradas em um vídeo, em que surge teatralmente orando com o político Francisco Dornelles.

O vídeo foi postado no final do mês passado no perfil social do Instagram de Marcos Pereira, onde ele coloca a mão sobre a cabeça da velha raposa política que é Dornelles. Na ocasião ele era o então governador em exercício do endividado estado do Rio de Janeiro. Porém, desde o último dia 3 de novembro, Pezão voltou a ser o governador do Rio, uma vez que anteriormente se encontrava afastado para tratamento de um grave câncer.

O pastor Marcos Pereira escreveu literalmente o seguinte no seu Instagram oficial: “eu orando o governador do estado do Rio de Janeiro. E agora me encontro em sua cidade, São João Del Rey, fazendo um lindo trabalho nos presídios com meus irmãos”.

Por outro lado, deve ser feita a seguinte pergunta que não quer se calar: será que o governador Francisco Dornelles não se sensibilizou ou até mesmo se envergonhou de ter a sua imagem associada em uma cena tão “íntima” ao pastor Marcos? A pergunta clama por uma resposta, na medida em que o pastor Marcos foi preso e condenado por praticar o crime sexual do estupro no ano de 2013. Segundo a Justiça, o religioso foi acusado em 2006 de ter violado uma de suas fieis na área pertencente ao templo da Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

Marcos Pereira não conseguiu se safar da acusação e foi condenado pela 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, já em 1ª instância, sem direito a recorrer devido à gravidade do crime. A pena foi de 15 anos de cadeia mas, depois de ter ficado 19 meses atrás das grades, o pastor ganhou o habeas corpus expedido pelo STF – Supremo Tribunal Federal.

Vale frisar que o mesmo religioso parecer ter o dom de se envolver em problemas, pois ele respondeu judicialmente pelo crime de fazer associação com o tráfico de drogas. Todavia, como que por milagre divino, em relação a esse último delito estarrecedor, o pastor Marcos Pereira foi declarado inocente tanto em 1ª quanto em 2ª instâncias.

Retornando ao político Francisco Dornelles, esse não quis fazer nenhum pronunciamento aos jornalistas com uma mínima explicação que fosse, do seu vídeo com o conhecido pastor Marcos Pereira da Silva, surgindo assim mais duas perguntas no mínimo curiosas. Será que Dornelles alcançou a sua benção pedida? E o 2º questionamento bem mais significativo para os brasileiros: será que o Brasil encontra-se órfão de um verdadeiro político patriota?

blastingnews.com

Compartilhe:

 
Varjota em Destaque © 2009-2017 Todos os Direitos Reservados. | Repórter Wagner Passos