Varjota em Destaque

VARJOTA EM DESTAQUE - 10 ANOS NO AR

Varjota em Destaque

TV VARJOTA EM DESTAQUE - AO VIVO

''; ''; ''; ''; ''; ''; ''; ''; '';

Deixe o seu recado Grupo de comunicação Varjota em Destaque

Latest Post

CURTIR PÁGINA DO FACEBOOK

FBbox/https://www.facebook.com/Varjota-em-Destaque-O-1º-e-Maior-Portal-De-Notícias-de-Varjota-130528400381755/

abril 25, 2019
Uma operação da Polícia Civil batizada de #PC27 resultou na captura de 202 foragidos no Ceará nesta quarta-feira (24).




A ação ocorreu simultaneamente em todas as unidades federativas do país e tem como objetivo deter foragidos da Justiça que cometeram crimes graves como homicídio, estupro, latrocínio, roubo, tráfico de drogas, participação em organização criminosa entre outros. O nome da operação é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis do país.

Dos 202 capturados no estado do Ceará, 183 são adultos e 19 adolescentes.
Foram cumpridos mandados de prisão preventivas, temporárias e por sentença condenatória, além de mandados de busca e apreensão. Foram realizados também flagrantes por posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e cárcere privado.

No Ceará, participaram da ação 400 policiais civis em cem carros de polícia.

"Essa é uma operação que anualmente é formatada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil. Desde o ano passado, nós somos o Estado que possui o maior índice no cumprimento de mandados. Essa ação tem o caráter preventivo bastante eficiente. Nós conseguimos anualmente executar vários mandados de prisão que estavam em demanda reprimida. Essa ação influi diretamente no controle da criminalidade, pois são pessoas que estavam foragidas e continuavam a delinquir", explicou Marcus Rattacaso, delegado geral da Polícia Civil do Ceará.

Informações G1

abril 25, 2019
A Polícia ainda não revelou a identidade de dois suspeitos mortos durante um confronto com patrulhas da corporação no começo da tarde desta terça-feira, no Bom Jardim (zona Sul de Fortaleza). O tiroteio ocorreu no cruzamento das ruas Edson Martins e Ari Maia após uma perseguição de patrulhas do Policiamento Ostensivo Geral (POG) a um carro roubado com placas clonadas.  Neste ano, 55 pessoas foram mortas no Ceará em intervenções da Polícia.




No tiroteio com a Polícia, os cinco ocupantes do carro foram baleados. Um deles sofreu apenas ferimentos leves. Outros quatro foram atingidos com tiros em partes vitais e dois deles não resistiram. Segundo a PM, os suspeitos desobedeceram a ordem de parada e prosseguiram em fuga em alta velocidade, fato que culminou no tiroteio no Bom Jardim.

De acordo com os policiais, os bandidos passaram a atirar de dentro do carro. No revide, os cinco foram feridos. Com cerco formado por várias viaturas da área, os acusados foram socorridos em ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Confrontos e mortes
Em abril, ao menos, oito suspeitos de crimes morreram em troca de tiros com a Polícia no Ceará. Um desses casos aconteceu no último dia 12, quando dois assaltantes morreram em um confronto com a Polícia na zona rural do Município de Itapiúna (a 210Km de Fortaleza).

No dia seguinte, 13, um bandido morreu ao tentar assaltar uma policial militar na Rua Fiscal Vieira, no bairro São João do Tauape, em Fortaleza. A militar  foi atacada por dois homens que estavam em uma motocicleta e vinham praticando assaltos nas ruas do bairro. Ela sacou a arma e trocou tiros com a dupla, matando um dos suspeitos, O comparsa fugiu. O assaltante morto foi identificado como Reinaldo dos Santos Maia, 28 anos.

Outros dois bandidos também morreram numa troca de tiros com um policial dentro de um ônibus que fazia a linha Fortaleza-Maranguape. O caso ocorreu no último dia 9, por volta de 17 horas, na Avenida General Osório de Paiva, no bairro Siqueira.

No último dia 5, um menor de 16 anos, envolvido no tráfico de drogas, morreu numa troca de tiros com policiais militares durante um cerco no bairro Tabajara, na cidade de Aracati, no litoral Leste do estado (a 149Km de Fortaleza).



Fonte: Ceará News

abril 25, 2019
Um homem de 66 anos matou o próprio filho de 28, com um golpe de faca no peito, no início da madrugada desta quinta-feira (25), na casa onde morava na cidade do Crato (CE). O fato chegou ao conhecimento da Polícia Militar por volta de 00h30min, através de ligação para o numero de emergência 190 dando conta de que na residência de número 61 da Rua Granjeiro, Bairro Vila Alta havia um corpo caído ao solo com muito sangue.





A patrulha do policiamento ostensivo geral composta pelo Sargento Ferreira, soldados Nobre, Arthur e Golbery compareceu ao local constando a veracidade da informação. A vítima foi identificada como sendo o morador do imóvel, Antonio José Moura da Silva; 28 anos.

Segundo o registro policial, uma irmã da vítima disse aos militares que atenderam a ocorrência, o jovem assassinado morava sozinho com o pai Antonio Pereira da Silva, de 66 anos naquele endereço. A mulher acrescentou que o ato criminoso teria sido cometido pelo seu genitor que após esfaquear o próprio filho, se refugiou na residência dela na rua Mãe Rainha, 49 no bairro mesmo.

Os militares se dirigiam a casa da irmã da vítima onde efetuaram a prisão do acusado que assumiu a autoria do filicídio (matado seu próprio filho). A arma utilizada no crime, uma faca foi apreendida, e juntamente com Antonio Pereira apresentada ao delegado de plantão na Delegacia Regional de Policia Civil do Crato que fez a autuação em flagrante por homicídio doloso.

Após os procedimentos na 19ª DRPC, o acusado foi encaminhado para exame de corpo delito no núcleo de ciências forense regional do cariri, em Juazeiro do Norte para onde também foi traslado o corpo de Antonio José para ser necropsiado. Em seguida o acusado foi levado de volta da DP do Crato, ficando recolhido numa das celas daquela especializada para nesta manhã ser conduzido à cadeia Pública local onde ficará a disposição da justiça.


Caririceara.com

abril 24, 2019
O prefeito de Quixadá, Ilário Marques, e servidores ligados à administração pública do município são mais uma vez alvo de investigação do Ministério Público do Ceará (MPCE) e a Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (24). A polícia deflagrou a segunda fase da operação "Fiel da Balança", e deu início à operação “Casa de Palha” no município. Ambas investigam crimes contra a Administração Pública. Pelo menos seis pessoas foram conduzidas à Delegacia Regional de Quixadá para prestar depoimento.



O presidente da Câmara, Ivan Benício de Sá, conhecido como Ivan Construções, támbém é alvo da operação. Há um mandado de prisão temporária contra ele. Segundo uma fonte da prefeitura da cidade, ele já foi detido. Ao todo, foram expedidos sete mandados de prisão temporária.
O diretor da policlínica de Quixadá é outro dos alvos investigados.

A polícia também cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do prefeito, na prefeitura municipal, e em outros três municípios do Ceará nesta manhã.

Desvio de dinheiro

A primeira fase da operação “Fiel da Balança” ocorreu em agosto de 2018, com objetivo de combater crimes de falsidade e desvio de dinheiro público relativos ao serviço de coleta de resíduos sólidos em Quixadá. Na época, Ilário Marques e secretários do município foram afastados.

"Casa de Palha"

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, as investigações no âmbito da operação “Casa de Palha” apontam para a existência de crimes de fraude em licitações, peculatos e outro ilícitos ligados à realização de obras de engenharia no município de Quixadá.

O Sistema Verdes Mares entrou em contato com a prefeitura de Quixadá, mas as ligações não foram atendidas até a publicação.




(Diário do Nordeste)

abril 24, 2019

INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS DIARIAMENTE SOBRE O AUMENTO DAS ÁGUAS DO
AÇUDE ARARAS AQUI NO SITE. VOCÊ TAMBÉM PODE ASSISTIR NO JORNAL VARJOTA EM DESTAQUE, AGORA SOMENTE AS SEXTAS-FEIRAS DAS 21H AS 21:30 COM WAGNER PASSOS, NA TV VARJOTA EM DESTAQUE, A PRIMEIRA WEB TV PROFISSIONAL DE VARJOTA E REGIÃO. ASSISTA AQUI NO SITE VARJOTA EM DESTAQUE.


AUMENTO DAS ÁGUAS DO AÇUDE ARARAS EM 2019

Açude Araras conseguiu recuperar nesta terça-feira, 02/04, as água que perdeu no verão de 2018. Chegando a cota 144,40, deixando para atrás a cota de 144,38 do dia, 24/05/2018.

24/04 

Açude Araras cota 147,70
Aumentou em 24hs: 4 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,53 m;
Volume 453,31 milhões m³;
(Volume em %) 52,74%;
Falta para sangrar: 5,30m.

23/04 

Açude Araras cota 147,66
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,49 m;
Volume 451,02 milhões m³;
(Volume em %) 52,47%;
Falta para sangrar: 5,34m.

22/04 

Açude Araras cota 147,60
Aumentou em 24hs: 10 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,43 m;
Volume 447,57 milhões m³;
(Volume em %) 52,07%;
Falta para sangrar: 5,40m.

21/04 

Açude Araras cota 147,50
Aumentou em 21hs: 8 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,33 m;
Volume 441,83 milhões m³;
(Volume em %) 51,40%;
Falta para sangrar: 5,50m.

20/04 

Açude Araras cota 147,42 (Ás 11:00hs)
Aumentou em 21hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,25 m;
Volume 437,24 milhões m³;
(Volume em %) 50,87%;
Falta para sangrar: 5,58m.

19/04 

Açude Araras cota 147,36 (Ás 14:00hs)
Aumentou em 31hs: 9 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,19 m;
Volume 433,80 milhões m³;
(Volume em %) 50,47%;
Falta para sangrar: 5,64m.

18/04 

Açude Araras cota 147,27
Aumentou em 24hs: 12 cm;
Aumentou em 2019, total: 6,10 m;
Volume 428,63 milhões m³;
(Volume em %) 49,87%;
Falta para sangrar: 5,73m.

17/04 

Açude Araras cota 147,15
Aumentou em 24hs: 8 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,98 m;
Volume 421,74 milhões m³;
(Volume em %) 49,07%;
Falta para sangrar: 5,85m.

16/04 

Açude Araras cota 147,07
Aumentou em 24hs: 8 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,90 m;
Volume 417,15 milhões m³;
(Volume em %) 48,53%;
Falta para sangrar: 5,93m.

15/04 

Açude Araras cota 146,99
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,82 m;
Volume 412,61 milhões m³;
(Volume em %) 48,00%;
Falta para sangrar: 6,01m.

14/04 

Açude Araras cota 146,93
Aumentou em 24hs: 4 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,76 m;
Volume 409,4 milhões m³;
(Volume em %) 47,6%;
Falta para sangrar: 6,07m.

13/04 

Açude Araras cota 146,89
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,72 m;
Volume 407,39 milhões m³;
(Volume em %) 47,40%;
Falta para sangrar: 6,11m.

12/04 

Açude Araras cota 146,83
Aumentou em 24hs: 11 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,66 m;
Volume 404,26 milhões m³;
(Volume em %) 47,03%;
Falta para sangrar: 6,17m.

11/04 

Açude Araras cota 146,72
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,55 m;
Volume 398,52 milhões m³;
(Volume em %) 46,36%;
Falta para sangrar: 6,28m.

10/04 

Açude Araras cota 146,66
Aumentou em 24hs: 7 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,49 m;
Volume 395,38 milhões m³;
(Volume em %) 46,00%;
Falta para sangrar: 6,34m.

09/04 

Açude Araras cota 146,59
Aumentou em 24hs: 11 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,42 m;
Volume 391,73 milhões m³;
(Volume em %) 45,57%;
Falta para sangrar: 6,41m.

08/04 

Açude Araras cota 146,48
Aumentou em 24hs: 25 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,31 m;
Volume 385,99 milhões m³;
(Volume em %) 44,91%;
Falta para sangrar: 6,52m.

07/04 

Açude Araras cota 146,23
Aumentou em 24hs: 45 cm;
Aumentou em 2019, total: 5,06 m;
Volume 372,94 milhões m³;
(Volume em %) 43,39%;
Falta para sangrar: 6,77m.

06/04 

Açude Araras cota 145,78
Aumentou em 24hs: 32 cm;
Aumentou em 2019, total: 4,61 m;
Volume 348,13 milhões m³;
(Volume em %) 40,50%;
Falta para sangrar: 7,22m.

05/04 

Açude Araras cota 145,46
Aumentou em 24hs: 26 cm;
Aumentou em 2019, total: 4,29 m;
Volume 329,51 milhões m³;
(Volume em %) 38,34%;
Falta para sangrar: 7,54m.

04/04 

Açude Araras cota 145,20
Aumentou em 24hs: 31 cm;
Aumentou em 2019, total: 4,03 m;
Volume 314,37 milhões m³;
(Volume em %) 36,57%;
Falta para sangrar: 7,80m.


03/04 

Açude Araras cota 144,89
Aumentou em 24hs: 49 cm;
Aumentou em 2019, total: 3,72 m;
Volume 297,65 milhões m³;
(Volume em %) 34,63%;
Falta para sangrar: 8,11m.

02/04 

Açude Araras cota 144,40;
Aumentou em 24hs: 38 cm;
Aumentou em 2019, total: 3,23 m;
Volume 275,01 milhões m³;
(Volume em %) 32,0%;
Falta para sangrar: 8,60m.

01/04 

Açude Araras cota 144,02;
Aumentou em 24hs: 16 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,85 m;
Volume 257,46 milhões m³;
(Volume em %) 29,95%;
Falta para sangrar: 8,98m.

31/03 

Açude Araras cota 143,86;
Aumentou em 24hs: 8 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,69 m;
Volume 250,93 milhões m³;
(Volume em %) 29,19%;
Falta para sangrar: 9,14m.

30/03 

Açude Araras cota 143,78;
Aumentou em 24hs: 10 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,61 m;
Volume 247,73 milhões m³;
(Volume em %) 28,82%;
Falta para sangrar: 9,22m.

29/03 

Açude Araras cota 143,68;
Aumentou em 24hs: 10 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,51 m;
Volume 243,73 milhões m³;
(Volume em %) 28,36%;
Falta para sangrar: 9,32m.

28/03 

Açude Araras cota 143,58;
Aumentou em 24hs: 7 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,41 m;
Volume 239,73 milhões m³;
(Volume em %) 27,89%;
Falta para sangrar: 9,42m.

27/03 

Açude Araras cota 143,51;
Aumentou em 24hs: 12 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,34 m;
Volume 236,93 milhões m³;
(Volume em %) 27,57%;
Falta para sangrar: 9,49m.

26/03 

Açude Araras cota 143,39;
Aumentou em 24hs: 5 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,22 m;
Volume 232,13 milhões m³;
(Volume em %) 27,01%;
Falta para sangrar: 9,61m.

25/03 

Açude Araras cota 143,34;
Aumentou em 24hs: 8 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,17 m;
Volume 230,13 milhões m³;
(Volume em %) 26,77%;
Falta para sangrar: 9,66m.

24/03 

Açude Araras cota 143,26;
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,09 m;
Volume 226,93 milhões m³;
(Volume em %) 26,40%;
Falta para sangrar: 9,74m.

23/03 

Açude Araras cota 143,20;
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 2,03 m;
Volume 224,53 milhões m³;
(Volume em %) 26,12%;
Falta para sangrar: 9,80m.

22/03

Açude Araras cota 143,14;
Aumentou em 24hs: 4 cm;
Aumentou em 2019, total: 1,97 m;
Volume 222,03 milhões m³;
(Volume em %) 25,84%;
Falta para sangrar: 9,86m.

21/03

Açude Araras cota 143,10;
Aumentou em 24hs: 8 cm;
Aumentou em 2019, total: 1,93 m;
Volume 220,53 milhões m³;
(Volume em %) 25,66%;
Falta para sangrar: 9,90m.

20/03

Açude Araras cota 143,02;
Aumentou em 24hs: 6 cm;
Aumentou em 2019, total: 1,86 m;
Volume 217,33 milhões m³;
(Volume em %) 25,29%;
Falta para sangrar: 9,98m.

19/03

Açude Araras cota 142,96;
Aumentou em 24hs: 4 cm;
Aumentou em 2019, total: 1,80 m;
Volume 215,21 milhões m³;
(Volume em %) 25,04%;
Falta para sangrar: 10,04m.

18/03

Açude Araras cota 142,92;
Aumentou em 24hs: 4 cm;
Aumentou em 2019, total: 1,76 m;
Volume 213,89 milhões m³;
(Volume em %) 24,88%;
Falta para sangrar: 10,08m.

17/03

Açude Araras cota 142,88;
Aumentou em 24hs: 14 cm;
Aumentou em 2019, total: 1,72 m;
Volume 212,57 milhões m³;
(Volume em %) 24,73%;
Falta para sangrar: 10,12m.

16/03

Açude Araras cota 142,74;
Aumentou em 24hs: 24cm;
Aumentou em 2019, total: 1,58 m;
Volume 207,95 milhões m³;
(Volume em %) 24,19%;
Falta para sangrar: 10,26m.

15/03

Açude Araras cota 142,50;
Aumentou em 24hs: 2cm;
Aumentou em 2019, total: 1,34 m;
Volume 200,03 milhões m³;
(Volume em %) 23,27%;
Falta para sangrar: 10,50m.


14/03

Açude Araras cota 142,48
Aumentou em 24hs: 3cm
Aumentou em 2019, total: 1,32 m.

13/03

Açude Araras cota 142,45
Aumentou em 24hs: 4cm
Aumentou em 2019, total: 1,29 m.


12/03

Açude Araras cota 142,41
Aumentou em 24hs: 10cm
Aumentou em 2019, total: 1,25 m.


11/03

O açude Araras, dia 11/03/2019 cota 142,31
Aumentou em 2019, total: 1,15 m

08/03

O açude Público Paulo Sarasate (Araras), dia, 08/03/2019
Cota 142,00
Aumentou nas últimas 24 horas 6 Cm
Aumentou 84 Cm de altura neste ano
Falta para sangrar 11,0 m.


05/02 - Momento com menor volume em 2019 

Açude Araras cota 141,17;
Aumentou em 24hs: -1 cm;
Aumentou em 2019, total: 0 cm - Início;
Volume 160,29 milhões m³;
(Volume em %) 18,68%;
Falta para sangrar:11,83m.


Fonte: Varjota em Destaque.com / Varjota em Alerta.com

abril 23, 2019
Dois homossexuais estão entre as 23 pessoas assassinadas no Ceará no fim de semana prolongado da Semana Santa. Um dos crimes ocorreu em Fortaleza e outro no Interior. Houve ainda um terceiro caso em que um travesti foi baleado na cabeça e socorrido, em estado gravíssimo, para o Instituto Doutor José Frota, na Capital.



O primeiro caso ocorreu ainda na manhã da Quinta-Feira Santa (18), quando o corpo de um travesti foi encontrado com marcas de violência em um canal cercado de mato na Avenida J do Conjunto Ceará. A Polícia esteve no local, mas não conseguiu identificar a vítima.

O segundo caso ocorreu no Município de Tarrafas, na Região Sul do estado (a 451Km de Fortaleza), onde um cabeleireiro foi morto a golpes de faca e o corpo deixado nas proximidades do Matadouro. A Polícia rapidamente esclareceu o crime prendendo um dos envolvidos. Segundo as autoridades, Expedito Alves de Sousa, 49 anos, teria sido assassinado por um ex-amante, a quem havia prometido dinheiro para comprar uma motocicleta e não cumpriu.

O crime foi premeditado e contou com a participação de três suspeitos. Todos já foram identificados e um deles está detido. Carlos Alberto de Oliveira, preso pela Polícia, contou que Expedito foi morto a facadas pelo ex-amante, conhecido por Arnaldo, que está foragido.

Baleado

O terceiro crime ocorreu na noite do domingo (21), no bairro Boqueirão, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), quando Francisco de Assis dos Santos, 28, que usa o nome social de “Raíssa”, foi atingido com um tiro na cabeça.

O crime ocorreu no interior de uma residência na Rua José do Patrocínio. “Raíssa” foi baleada por um desconhecido. Policiais do 12º BPM estiveram no local em busca de informações sobre o caso, mas não prenderam nenhum suspeito, até agora.

Informações Fernando Ribeiro

abril 23, 2019
Duas semanas após a condenação no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por participação em um esquema criminoso de venda de habeas corpus no Poder Judiciário cearense, seis advogados seguem com a situação regular na Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Ceará (OAB-CE) e trabalham normalmente. Apenas um advogado sentenciado à prisão está suspenso de suas funções. A situação de cada profissional foi verificada pela reportagem junto ao Cadastro Nacional dos Advogados (CNA), da OAB.





Tanto na esfera criminal quanto administrativa, Fernando Carlos Feitosa teve as maiores punições dentre os sete advogados que respondem à mesma ação penal. Filho do desembargador Carlos Rodrigues Feitosa e conhecido como 'Chupeta' pelo grupo criminoso, o advogado está suspenso na OAB-CE e foi condenado pelo crime de corrupção passiva à pena de 19 anos e quatro meses de prisão, em regime inicialmente fechado.

Michel Sampaio Coutinho chegou a ser suspenso cautelarmente pela Ordem, mas voltou às atividades normais em novembro de 2018. A Corte Especial do STJ, em decisão proferida no dia 8 de abril último, determinou a pena de seis anos e dois meses a Michel, em regime inicial fechado, pelo crime de corrupção ativa. A Justiça ainda não expediu a prisão dos dois advogados porque as defesas ingressaram com embargos de declaração. Michel Coutinho mora, atualmente, em Portugal.

Ele acompanhou a mulher, Jessica Simão Albuquerque Melo Coutinho, que faz um curso em uma universidade portuguesa. Jéssica também é advogada e investigada em outra ação penal no STJ. Michel Coutinho também responde a um processo na esfera estadual por associação ao tráfico de drogas.

Já os advogados Fábio Rodrigues Coutinho, Everton de Oliveira Barbosa, Sérgio Aragão Quixadá Felício, João Paulo Bezerra Albuquerque e Marcos Paulo de Oliveira Sá foram sentenciados a cinco anos e cinco meses de reclusão, em regime inicial semiaberto, pela prática de corrupção ativa. Apesar da condenação, os defensores seguem aptos a trabalhar.

Único advogado absolvido no julgamento da Ação Penal 841, Mauro Júnior Rios também está com a situação regular na OAB-CE. O profissional foi punido administrativamente com 24 meses de suspensão, já cumpridos. Contudo, Mauro ainda responde a duas ações penais no STJ.

Sigilo

Questionada sobre a situação dos advogados condenados, a Secção Ceará da Ordem dos Advogados do Brasil informou, por nota, que "os processos dos advogados investigados na Operação Expresso 150 são rigorosamente sigilosos e ainda estão sendo analisados pela OAB-CE". "Com base em informações colhidas com o presidente da OAB, Erinaldo Dantas, as manifestações sobre esse assunto serão realizadas somente após decisão administrativa final da OAB", justifica.

O advogado Paulo Pimentel, representante de Everton Barbosa, afirmou que irá recorrer da condenação e confirmou que o cliente está com a situação regular na Ordem. "A decisão não foi justa. A condenação não está alicerçada nas provas dos autos", rebate. A defesa de Sérgio Felício não quis comentar a sentença e o fato de o cliente estar apto a trabalhar. Os demais representantes legais não atenderam às ligações ou não foram localizados pela reportagem.

Desembargador

Esse processo oriundo da Operação Expresso 150 inclui mais dois réus. O desembargador Carlos Feitosa foi condenado à pena de 13 anos e cinco meses de reclusão, pelo crime de corrupção passiva, além de perder o cargo no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Já Paulo Diego da Silva Araújo, apontado pela investigação da Polícia Federal (PF) como traficante membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foi sentenciado a quatro anos de prisão, por corrupção ativa. Ambos devem cumprir a pena em regime inicial fechado. Paulo Diego já está preso por outros crimes de tráfico de drogas.

Segundo as investigações no âmbito da 'Operação Cardume', da Polícia Federal, Paulo Diego aparece em interceptações autorizadas pela Justiça negociando a compra de liminares. Conforme as apurações da PF, o grupo, composto por magistrados, advogados e criminosos, negociava liminares nos plantões do TJCE, pelo preço de até R$ 150 mil. A maioria das negociações era realizada através das redes sociais. A Operação Expresso 150 foi deflagrada em junho de 2015.

Outros advogados

Mais seis advogados respondem a ações penais em decorrência da Operação. São eles: Ubaldo Machado Feitosa (filho de Carlos Feitosa); Jéssica Simão Albuquerque Melo Coutinho (esposa de Michel Coutinho); Adailton Freire Campelo; José Joaquim Mateus Pereira; Carlos Eduardo Miranda de Melo; e Cláudia Adrienne Sampaio de Oliveira.

Destes, apenas José Joaquim Pereira se encontra suspenso de suas funções. O Tribunal de Ética e Disciplina (TED), da OAB-CE, divulgou ao Diário do Nordeste, em reportagem publicada em 27 de agosto de 2018, que pelo menos 22 advogados eram investigados administrativamente por suspeita de participação no esquema criminoso - a lista não incluía Ubaldo Feitosa, que não era advogado na época em que ocorreram os fatos. A defesa de Carlos Eduardo Melo não quis comentar a situação do cliente. Os demais advogados não atenderam às ligações ou não foram localizados. Outros quatro desembargadores, sendo dois deles aposentados, também respondem a ações penais no STJ e no 1º grau da Justiça estadual.

Informações Diario do Nordeste

PORTAL VARJOTA EM DESTAQUE

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget